OSTEOPATIA

Quando todas as partes do corpo estão em harmonia, há saúde. Quando não há harmonia, há doença.

A Osteopatia é uma abordagem que se foca no conhecimento profundo da anatomia e fisiologia do corpo humano e as interações entre todos os seus sistemas.

Baseia-se na filosofia de que, atuando na estrutura, se influencia a função dos diferentes sistemas do corpo humano, restabelecendo a homeostasia.

O Osteopata, através de uma visão global e holística, avalia as interações entre os sistemas neuro-músculo-esquelético (Osteopatia estrutural), visceral (Osteopatia visceral) e craniano (Osteopatia craniana). Através do equilíbrio dos diferentes sistemas, o osteopata não elimina apenas o sintoma ou as consequências do seu problema, vai um pouco mais além e pretende corrigir todos os fatores que estão a debilitar o seu estado de saúde.

A Osteopatia atua como terapia curativa, mas tem igualmente um papel imprescindível como terapia preventiva.

Dependendo da condição clínica e da avaliação do Osteopata, a Osteopatia pode estar associada a técnicas bastante suaves como as técnicas cranianas ou viscerais, podendo assim o tratamento adequar-se a cada condição clínica.

Os nossos Osteopatas são formados em Osteopatia pela EOM-Escuela de Osteopatía de Madrid e licenciados em Fisioterapia. É o facto de aliarmos estas duas áreas de forma integrativa que nos permite fazer a diferença nos nossos tratamentos e atuar de forma preventiva.

Encontre a lesão, trate-a, e deixe o organismo agir”

Andrew Taylor Still (1828-1917), criador da Medicina Osteopática

—-

Porquê optar pela Integrativa?

-Destaca-se como uma clínica especialista e de referência em Osteopatia

-Os nossos osteopatas têm 9 anos de formação universitária especializada: 4 anos de licenciatura em Fisioterapia e 5anos de formação em Osteopatia pela Escuela de Osteopatía de Madrid (EOM). Além disso têm formações especializadas e pós-graduações. Saiba mais aqui

-Pelo facto de os nossos osteopatas serem também fisioterapeutas beneficia de uma avaliação integrada entres estas duas áreas soma entre estas duas áreas de conhecimento

-Todos os nossos Osteopatas têm cédula profissional definitiva atribuída pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) no âmbito da regulamentação das Terapêuticas Não Convencionais (TNC) em Portugal, nos termos do artigo 4.º da Lei n.º 71/2013, de 2 de Setembro – Portaria n.º 172-E/2015, de 5 de Junho.

Indicações

– DORES COM ORIGEM NA COLUNA VERTEBRAL – Hérnias Discais, Ciática, Lombalgias, Cervicalgias, Dorsalgias, Torcicolos, Síndrome do Túnel Cárpico, Dores Articulares nos Membros Superiores ou Inferiores, Radiculalgias;

-DORES MÚSCULO-ESQUELÉTICAS – Dores e Contraturas Musculares, Tendinites, Entorses, Lesões Desportivas, Artrites, Artroses;

-ALTERAÇÕES POSTURAIS – Escolioses, Cifoses, Hiperlordoses, Dores nos joelhos;

-PROBLEMAS CRÂNIO-FACIAIS – Cefaleias, Enxaquecas, Dor na Face, Nevralgia do Trigémio, Otites, Sinusites, Tonturas, Vertigens, Acufenos;

-PROBLEMAS DIGESTIVOS – Dores no Estomago, Disquinésia Hepato-biliar, Hérnia de Hiato, Enjoos, Náuseas, Obstipação, Cólicas;

-DOR NA ATM (Articulação Temporomandibular) – Disfunções da Articulação Temporomandibular e estruturas relacionadas, Bruxismo, Dificuldade em abrir a boca;

Pilares da Osteopatia Integrativa

Osteopatia Estrutural

Estuda e relaciona o sistema músculo-articular com o sistema nervoso, reestabelecendo a saúde estrutural.

Osteopatia Visceral

Estuda e relaciona os sistema visceral com sistema nervoso e o sistema músculo-esquelético.

Osteopatia Craniana

Estuda e relaciona os sistema craniano com sistema nervoso e o sistema músculo-esquelético.

Osteopata

Osteopatia Infantil

Osteopata

Osteopata David Brandão

Terapia sacro craniana

Terapia Sacro-craniana